Pular para o conteúdo principal

Biblioteca Pública do Estado do Rio Grande do Sul

Biblioteca Pública do Estado do Rio Grande do Sul
A Biblioteca Pública foi criada em 1871 no antigo prédio do Liceu Dom Afonso.

Esse prédio em que está sediada atualmente é de 1912, projeto de Affonso Hebert. O projeto da estrutura, com a ampliação dos fundos finalizou em 1921.
 Em 1922 foi inaugurada com todo o luxo da decoração do interior. Mármores, pinturas e esculturas. As paredes internas são decoradas com pinturas decorativos de Fernando Schlater, esculturas de mármore e bronze de Alfred Adloff, Euardo de Sá e Giuseppe Gaudenzi. Cada espaço com um estilo diferente.


A fachada tem estilo eclético, com bustos de vultos positivistas. O acervo bibliográfico é muito rico, com obras raras. Ali acontece muitos eventos culturais, em destaque para os recitais de música de câmara.



Inacreditável, mas na década de 50 as ricas pinturas murais de muitas salas foram apagadas com tinta por cima!  Na década de 60  o Salão Mourisco e o Egípcio tiveram restaurações desastradas. Na década de 70 muitos móveis foram transferidos para o Palácio Piratini. Em 2007 passou por reformas na infraestrutura. A biblioteca ficou oito anos na Casa de Cultura Mario Quintana, com grande acerto de títulos, a volta ao prédio histórico aconteceu no final de 2015.



Por baixo da tinta neutra riquíssimas pinturas!


Salão Mourisco

Detalhes do Salão Egípcio





A inauguração do imponente prédio foi um acontecimento muito importante para a cidade, na época Borges de Medeiros era o presidente do estado. Muitas pessoas ilustres compareceram, bem como estrangeiros representando governos da Inglaterra, França, Alemanha, Portugal, Itália, Estados Unidos, Argentina e Uruguai.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Igreja São Cristóvão

Igreja São Cristóvão - Ana Rech - Caxias do Sul - RS


 Ousadia da arquitetura lembrando um caminhão Pórtico da entrada de Ana Rech
Por volta de 1950 foi construído um oratório na Encruzilhada de Ana Rech com a imagem de São Cristóvão. Foi escolhido um  ponto estratégico, na BR 116 e entrada de Ana Rech.   Dois anos após foi realizada a primeira festa dos motoristas. A nova capela foi iniciada em 1985, com o projeto de um caminhão. Em 1999 o templo em forma de caminhão  estava pronto, foi abençoada pelo Bispo Dom Paulo Moretto. As comunidades do entorno são Marianinha, Loteamento São Cristóvão e Jardim do Lago.
A Festa dos Motoristas acontece em julho.
Parte frontal da igreja

EXPLORANDO AVES NO LITORAL CATARINENSE

Balneário Arroio Silva - Morro dos Conventos


Balneário Arroio Silva é um município de Santa Catarina. A história do município  começa na década de 1920, quando foram construídos os primeiros hotéis  no final dessa década, muitos veranistas gaúchos costumavam veranear no local. Havia poucas casas.  Os primeiros tempos foram  difíceis,  acesso ruim,  falta de luz e  água encanada.  O Balneário possui 22 km de praia contínua, a praia central é Arroio Silva, ao sul estão as praias da Meta, dos Golfinhos, do Mariscão e da Caçamba. Uma das atrações mais conhecidas é a Arrancada de Caminhões que acontece  na Praia da Meta a 2 km do centro. Outra atração desta praia é a Plataforma de Pesca com 410 m de extensão.  A praia de Mariscão e da Caçamba promovem no mês de janeiro, etapas do Circuito Regional de Arrancada de Motos.
http://www.santur.sc.gov.br/destinos/caminho-dos-canions/976-balneario-arroio-do-silva.html



19 de janeiro de 2014 – Domingo Chegada à Arroio Silva às oito e meia da manhã. Esta…

Sitio Santa Terezinha - Ibiúna - SP

Sítio Santa Terezinha, localizado em Ibiúna SP.

Sempre que vou visitar meu filho nesta cidade, gosto de entrar em contato com as pessoas da redondeza, conhecer sua cultura, como vivem e a mata nativa. Em Ibiúna há resquícios da Mata Atlântica, sempre tive  curiosidade de conhecer as árvores nativas desse bioma. Dona Santina me convidou para conhecer um sítio ali perto, "com muitas árvores diferentes, vindas de várias partes do mundo". Fiquei encantada em poder conhecer as árvores exóticas do sítio Santa Terezinha e aceitei logo o convite!

Dona Santina contou que os avós maternos de seu genro vieram da antiga Iugoslávia, da Servia e da Bósnia, que a mãe de Yuri, nascida no  Brasil, casou com um descendente de italiano. Ao comprar esse sítio, seu avô trouxe mudas de vários lugares do mundo: da Oceania, Europa e América Central.  O sítio Santa Terezinha tem muita história para contar. 
O sítio está nas mãos de seu genro Yuri, casado com sua filha Jaqueline. Yuri tem grande consci…